Início Râguebi Dark Horses: uma equipa diferente mas com as mesmas ambições

Dark Horses: uma equipa diferente mas com as mesmas ambições

273

Os Dark Horses, clube de râguebi “satélite” do Belas Clube de Rugby, comemorou recentemente o seu 10º aniversário.

Até aqui nada de novo, mas convém explicar que esta equipa não é igual às outras, pois trata-se de uma equipa inclusiva, isto é, todos os jogadores que a compõem são homossexuais.

Gonçalo, um dos fundadores desta formação, explica que em 2009, no primeiro treino, apareceram “apenas” 22 pessoas para treinar.

A mesma fonte adianta que a ideia de formar uma equipa destas características foi de Filipe Santos, ex-jogador de râguebi e o único que sabia jogar dentro do grupo de amigos.

“Ele queria encontrar um sítio onde pudesse jogar, mas queria fazê-lo numa equipa onde as questões relacionadas com a orientação sexual não fossem um assunto”, refere Gonçalo, acrescentando que “na realidade todas as equipas desportivas e de râguebi são anti-discriminatórias, mas muitas vezes a realidade não é bem assim”.

A Dark Horses, que começou por se chamar Boys Just Wanna Have Fun, participa anualmente nos Gay Games, competição desportiva que junta equipas inclusivas de várias modalidades, desde a Natação até ao Atletismo, passando pelo Futebol e até o Tango.

Gonçalo diz também que “em 2009 era muito difícil encontrar outras equipas que quisessem jogar connosco, porque ou tinham muito mais experiência que nós, ou sabiam quem nós éramos”.

Para ganhar “calo”, os Dark Horses criaram um torneio internacional de Verão, o Pitch Beach, que também agora chega à 10ª edição, onde participam equipas integrantes de outros países.

No entanto, quando passaram a jogar com as equipas portuguesas começaram os problemas, pois “não queriam jogar connosco porque não jogavam contra gays, ou quando aceitavam jogar agrediam-nos fisicamente dentro de campo, de forma mais ou menos disfarçada”.

Gonçalo diz também que “antigamente perdíamos por muitos, depois começamos a empatar e agora ganhamos e conquistamos o respeito de outras equipas”, acrescentando que “nunca desistimos e conseguimos mostrar em campo que a nossa intenção era que o râguebi em Portugal crescesse e que houvesse mais praticantes independentemente do sítio de onde vem”.

Atualmente os Dark Horses desenvolvem uma parceria com o Belas Clube de Rugby e participa em torneios internacionais, especialmente na Austrália e nos Estados Unidos. Tal como todas as equipas inclusivas, os Dark Horses estão sempre a aceitar “sangue novo” e quem quiser experimentar fazer parte de uma equipa diferente pode contactar o clube através do seu “parceiro” de Belas.