Triatlo: Vasco Vilaça a caminho da Taça do Mundo, em Lisboa

    303

    O triatleta amadorense, Vasco Vilaça, tem presença marcada na Taça do Mundo de triatlo de Lisboa, com data marcada para o dia 23 de maio.

    O triatleta português é atualmente o vice campeão do mundo em Triatlo, depois de ter trazido para casa a medalha de prata nos Mundiais de Triatlo em Hamburgo de setembro de 2020.

    O atual vice-campeão do Mundo é um dos portugueses que irá disputar as provas que englobam 1,5 quilómetros de natação, 40 de bicicleta e 10 a correr.

    A Taça do Mundo de Lisboa, que conta sobretudo para os rankings mundial e de qualificação, é antecedida da prova de qualificação olímpica de estafetas mistas, marcada para o dia 21 de maio, onde cada um dos quatro atletas terá de concluir 300 metros a nadar, sete quilómetros a pedalar e 1,8 a correr.

    A presença no pódio dessa prova garante a presença na estreia da competição de estafetas nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

    Para se aprovarem para as provas individuais, os atletas têm de ocupar um dos 138 primeiros lugares do ranking de qualificação, que encerra a 14 de junho.

    Recentemente, Vasco Vilaça participou na Super League de Roterdão, Holanda, onde alcançou o 6º lugar.

    O atleta do Sport Lisboa e Benfica somou um total de 15 pontos, terminando o primeiro segmento com nove, o segundo com cinco e o terceiro com um.

    Esta foi a segunda participação do português na Super League de Triatlo 2021, depois de ter terminado em quinto lugar na prova de Londres, que teve lugar no passado mês de março.

    Tanto a prova da Holanda como a de Inglaterra decorreram de uma forma diferente este ano.

    De forma a evitar contactos e que todas as normas de segurança sanitária ditadas pela pandemia da COVID-19 fossem cumpridas, a competição foi toda ela realizada sem público e com recurso a meios virtuais.

    Em setembro do ano passado, Vasco Vilaça foi coroado vice-campeão do mundo, ao conquistar a medalha de prata no Mundial de triatlo em Hamburgo, Alemanha.

    Nuno Rilhas