Início Futsal Liga Placard: Leões de Porto Salvo vencem MODICUS e ficam a um...

Liga Placard: Leões de Porto Salvo vencem MODICUS e ficam a um passo das Meias-Finais

235

O Leões de Porto Salvo venceram o MODICUS, por 11-10 (após desempate por pontapés da marca de grande penalidade), no Jogo 1 dos Quartos-de-Final da Liga Placard de Futsal, disputado no Pavilhão do MODUCUS, em Sandim.

Num jogo de grande emoção, e um dos melhores da temporada, a primeira equipa a abrir as hostilidades foi o MODICUS, por intermédio de Uesler, logo aos 2 minutos.

Pouco depois, os Leões de Porto Salvo empataram com um golo de Wesley Reinaldo e nos minutos seguintes, assistiu-se a um equilibrio de forças, pois nenhuma equipa conseguia um ascendente.

Aos 14 minutos, Bruninho assistiu Fábio Lima para o 2-1, e ainda antes do intervalo, Cigano podia ter feito o 3-1, mas Bebé evitou com uma grande defesa.

No início da segunda metade, Hiram defendeu uma bola com as mãos fora da grande área e viu o segundo cartão amarelo e o correspondente cartão vermelho.

Trapa foi chamado a frio, aqueceu com um remate de Ré, mas não impediu que André Galvão fizesse 2 golos de rajada e passasse o marcador para 2-3, ainda com muito tempo para jogar.

Apostando no ataque, o MODICUS empatou a 3 golos, por intermédio de Uesler, mas na resposta o Leões de Porto Salvo passou para o 3-4, após uma grande jogada e um remate fantástico de Diogo Santos.

Aos 32 minutos, a formação de Porto Salvo ficou tapada com faltas e Ré atirou ao poste; do outro lado, Fábio Lima e Willian Carioca também criaram grandes oportunidades, mas não conseguiram bater Bebé.

A cerca de 3 minutos do final do tempo regulamentar, já depois de Uesler ter feito o golo da noite, André Galvão entrou dentro de campo de forma indevida e viu o segundo cartão amarelo (e o respetivo vermelho).

A 5 segundos da buzina final, Wesley Reinaldo fez o 4-5, e no escasso tempo que faltava para o final, Márcio Moreira arrancou pela esquerda, deu para Fábio Lima, que tentou fazer um chapéu a Bebé, que conseguiu defender para a frente; no entanto, o esférico bateu nas pernas de Bruno Pinto e alojou-se no fundo da baliza do Leões de Porto Salvo.

Com um 5-5 no “placard”, o jogo teve de ir para prolongamento, mas só nas grande penalidades é que iria viver mais emoção: à entrada para a fase do “mata-mata”, Cigano atirou ao poste e a vitória sorriu ao conjunto do concelho de Oeiras.

Já no próximo Sábado, os dois clubes voltam a encontrar-se e em caso de vitória o Leões de Porto Salvo apura-se para as Meias-Finais da Liga Placard.