António Félix da Costa com resultados modestos nos E-Prixs de Roma

195

O piloto cascalense António Félix da Costa conseguiu um 6º e um 13º lugares na jornada dupla do E-Prix Roma, que decorreu recentemente na cidade eterna.

Depois de ter saído do 5º posto da grelha de partida na 1ª corrida, Félix da Costa teve alguma dificuldade em lidar com as curvas lentas e as travagens atribuladas e acabou por terminar a prova na 6ª posição, depois de uma grande luta com os pilotos da frente.

No final desta primeira prova, o campeão mundial desta modalidade em 2020, referiu que “foi uma corrida difícil, pois levei toques de vários carros, perdi lugares e passei de uma posição tranquila no grupo da frente para as posições traseiras do segundo grupo; aconteceu muita coisa, houve muitas ultrapassagens, foi muito divertida, mas não terminei bem; talvez tenha tido algum azar, mas o bom que podemos tirar desta corrida é que temos um carro e podemos alcançar um melhor resultado na 2ª corrida”.

Já Thomas Chevaucher, responsável máximo da DS Performance e diretor da DS Techeetah, considerou que “após um excelente desempenho nos treinos livres e na qualificação de ambos os carros, o JEV e o António disputaram uma corrida recheada de ação que permitiu a conquista de um 4º e um 6º lugares; estamos com grandes expectativas para a 2ª corrida”.

Mesmo com a confiança em alta, António Félix da Costa não conseguiu melhor que um 13º lugar na 2ª corrida, depois de ter saído da 9ª posição da grelha de partida.

No final da difícil corrida, o piloto cascalense referiu que “tivemos o ritmo certo durante todo o fim-de-semana e, por isso, não vou para casa zangado ou desapontado; porém, neste momento, estou com dificuldades em compreender algumas coisa do carro; despistei-me por culpa própria 3 vezes durante o fim-de-semana e confesso que não me lembro de ter feito o mesmo nos últimos 10 anos; portanto, preciso de estudar para perceber como melhorar algumas coisas; estou bem e sou capaz de fazer «reset» rapidamente e voltar a motivar-me, pelo que estarei bem e forte quando chegar ao Mónaco”.

A próxima prova do Campeonato do Mundo FIA Fomula E, realiza-se na histórica pista de Monte Carlo (Mónaco), onde Félix da Costa venceu na temporada 7, a melhor do piloto português.