Início Futsal JOMA homenageia Bruno Coelho numa cerimónia emotiva

JOMA homenageia Bruno Coelho numa cerimónia emotiva

255

A JOMA homenageou recentemente o atleta de Futsal Bruno Coelho, que começou a dar os primeiros passos no clube de Queluz.

Num fim de tarde, onde a JOMA conseguiu reunir duas famílias, a “família” JOMA e a família de Bruno Coelho (mais alguns amigos), a emoção foi um dos pratos fortes durante o jantar-convívio e a homenagem propriamente dita.

Por falar em prato, antes dos discursos da praxe, foi servido a todos os convidados Arroz de Pato, regado com algumas das tradicionais bebidas (água, sumo e vinho).

A homenagem começou com a visualização de um pequeno vídeo, onde se mostrou todas as qualidades “artísticas” de Bruno Coelho e depois passou-se à fase dos discursos.

O primeiro foi o Presidente do JOMA, João Pedro Morais Cardoso, que agradeceu a presença de Bruno Coelho e todos os convidados e enalteceu as capacidades do atleta, que sempre primou pela humildade e espírito de sacrifício, nunca esquecendo as suas origens, embora tenha passado por clubes de nomeada.

Com muita emoção, não esquecendo o grito “VIVA O JOMA”, João Pedro Cardoso foi presenteado com uma camisola da Seleção Nacional de Futsal, com o nº7 (o número de Bruno Coelho), enquanto o jogador recebeu das mãos do presidente um cachecol do clube de Queluz.

Depois foi a vez de Bruno Coelho, que recordou “velhos amigos”, como o seu treinador na altura em que vestiu as cores do JOMA e agradeceu todo o apoio e ajuda dada no início da sua carreira, pois sem essa ajuda nada do que vive agora seria possível.

A seguir, Victor Hugo Alves (Presidente da Assembleia de Freguesia da União de Freguesias Massamá/Monte Abraão) enalteceu o facto de Queluz ter um clube que se destaca nas mais diversas modalidades desportivas e ter um “filho da terra” que consegue levar o nome da cidade e do país aquém e além-fronteiras.

Por fim, Bruno Parreira (Vice-Presidente da Câmara Municipal de Sintra) também destacou as qualidades de Bruno Coelho e se mostrou orgulhoso por poder ver e maravilhar-se com as jogadas fantásticas de Bruno Coelho, ao serviço dos clubes por onde passou e ao serviço da Seleção Nacional.