Início Uncategorized Paulo Bento vai defender a Coreia e gostava de ter evitado Portugal

Paulo Bento vai defender a Coreia e gostava de ter evitado Portugal

196

O selecionador da Coreia do Sul, o português Paulo Bento, confessou hoje que preferia evitar defrontar Portugal no Grupo H do Mundial2022 de futebol, no Qatar, onde garantiu que vai “defender” a seleção asiática da “melhor maneira”.

Na véspera da estreia no Campeonato do Mundo, naquele que será o segundo enquanto selecionador, depois de ter estado à frente de Portugal entre 2011 e 2014, o técnico, de 53 anos, falou à comunicação social, em Doha, sobre o duelo com os lusos, apesar de estar marcado apenas para a 2 de dezembro.

“Imune não vou estar de certeza. Sou português desde que nasci e serei português até morrer. Durante o jogo serei português, tentando, obviamente, defender da melhor maneira a seleção da Coreia [do Sul] que represento”, começou por dizer Paulo Bento.

O treinador português, que ao serviço da equipa das ‘quinas’ alcançou as meias-finais do Euro2012, na Ucrânia e Polónia, lembrou os casos dos compatriotas Fernando Santos, atual selecionador luso, e Carlos Queiroz, do Irão, quando questionado sobre o momento de defrontar o seu país.

“Ainda falta algum tempo para falarmos desse jogo, mas isso acontece neste tipo de competições, em que selecionadores representam certos países e são naturais de outros. Já aconteceu com o atual selecionador português [Fernando Santos] a representar a Grécia, com o [Carlos] Queiroz no Irão e toca-me a mim agora”, recordou.

Depois, admitiu que “gostaria de ter evitado” Portugal: “Claramente que sim, mas não se pode ter tudo. É preparar um jogo de cada vez, de uma forma profissional e séria”.

Jornal Desportivo com Lusa
Imagem: UEFA / arquivo