Os tenistas portugueses Pedro Sousa, Frederico Silva e João Domingues foram hoje eliminados na primeira ronda do Oeiras Open 4, challenger que está a decorrer no Complexo de Ténis do Jamor.

Sousa, a jogar por esta altura os últimos encontros da carreira, foi o primeiro a entrar em ação no court central do Jamor, onde não foi capaz de superar o norte-americano Ulisses Blanch (354.º ATP) e acabou derrotado com os parciais de 6-2 e 7-6 (7-4), ao fim de uma hora e 22 minutos.

Já Frederico Silva, 215.º colocado na hierarquia ATP, ainda travou uma equilibrada batalha com o australiano Aleksandar Vukic (127.º), mas, após perder o primeiro parcial no ‘tie-break’, acabou por sair derrotado, por 7-6 (7-3) e 6-3, ao fim de uma hora e 50 minutos.

Num dia pouco feliz para as cores nacionais no quadro de singulares, João Domingues (460.º) não conseguiu também sair ileso da ronda inaugural, embora tenha entrado melhor, e foi afastado pelo croata Nino Serdarusic (305.º), com os parciais de 4-6, 6-0 e 6-2.

O Oeiras Open 4 prossegue na quarta-feira com duas duplas portuguesas a entrar em jogo, Jaime Faria e Henrique Rocha frente ao norte-americano Hunter Reese e ao polaco Szymon Walkow, primeiros cabeças de série do quadro de pares, e João Domingues e Frederico Silva ante Sanjar Fayziev, do Uzbequistão, e o romeno Alexandru Jecan.